Notícias

GAtec lança plataforma de gerenciamento agrícola

       

SimpleFarm proporciona visão estratégica sobre dados da empresa para facilitar a tomada de decisões.

Chatbot Melissa poderá informar ao usuário, em que partes de suas fazendas há níveis preocupantes                                     de pragas ou ainda quais as variedades de cana-de-açúcar tiveram melhor performance.

A GAtec, empresa especializada em desenvolvimento e implantação de soluções em gestão agroindustrial, lança o SimpleFarm, um software multiplataforma que atenderá, em uma base única, produtores de culturas anuais, semi-perenes, perenes e pecuária. Segundo a companhia, é um dos primeiros sistemas no agronegócio totalmente utilizado via navegador (browser), que pode ser acessado de qualquer computador conectado a internet, na forma de um website.

A desenvolvedora afirma que os principais diferenciais do SimpleFarm são a integração de todas as áreas dentro da empresa e a simplicidade de uso, bem intuitivo, com pouca necessidade de treinamento dos clientes. Também há a possibilidade de hospedagem em “cloud” (na nuvem), diminuindo os investimentos em hardware. Para começar a usar o SimpleFarm, o usuário cadastra todas as informações básicas pertinentes ao controle agrícola no sistema. A partir dessas informações, planeja o que fazer em suas áreas, para aproveitar da melhor maneira possível os recursos disponíveis, como máquinas agrícolas, mão de obra e insumos (fertilizantes, corretivos de solo, defensivos, combustíveis, entre outros).

A próxima etapa, de acordo com a companhia, é o início da operação, em que os recursos são empregados e monitorados por ferramentas fáceis de usar, na forma de boletins, gráficos e mapas temáticos de suas áreas. Os dados gerados na lavoura são digitados em coletores de dados e tablets, sendo transmitidos para o SimpleFarm pela internet, via satélite, rede wi-fi ou descarregados diretamente no sistema, dependendo da infraestrutura da região. Ao final, o usuário tem os resultados planejados e os realizados de todas as operações e quanto eles custaram, possibilitando o melhor aproveitamento dos recursos com foco em minimizar gastos e maximizar o lucro da operação.

“Não é possível economizar no que não se pode controlar”, comenta o engenheiro agrônomo Leonardo Ramos, diretor agrícola da GAtec e responsável pelo desenvolvimento do SimpleFarm. “Nosso objetivo é diminuir custos de forma inteligente. O software traz os dados à vista do gestor com a máxima velocidade, possibilitando que ele tome decisões corretas rapidamente”, completa. Para o agrônomo, a simplificação de processos é um dos aspectos em que o sistema atua, mas otimizar o uso dos recursos e por consequência diminuir impacto ambiental são as principais finalidades do SimpleFarm. No manejo de pragas, por exemplo, saber que determinada área tem a tendência de atingir um alto nível de infestação de pragas é uma informação estratégica.

O SimpleFarm possui ferramentas que alertam o responsável sobre esse tipo de situação, com alertas piscando em sua tela ou enviados para seu celular pessoal. Com isso, pode-se tomar providências, determinando uma pulverização, salvando assim uma área que poderia registrar prejuízo. Na rotina do campo, os usuários poderão perguntar ao Chatbot Melissa - um assistente de informações com voz feminina desenvolvido com tecnologias cognitivas da IBM (IBM-Watson) - em que partes de suas fazendas há níveis preocupantes de pragas ou ainda quais as variedades de cana-de-açúcar tiveram melhor performance. “Melissa entende as perguntas que o usuário faz e analisa as informações que possui na base de dados para responder as questões. Tudo de forma muito simples e interativa. É algo inovador e disruptivo no mercado agro”, explica Ramos.

Além da Melissa, a provedora comenta que todos os outros aplicativos da nova geração GAtec podem ser conectados ao SimpleFarm, como o Mapfy, dispositvo de mapas e imagens de satélite que proporciona ao cliente uma maneira diferente de visualizar os dados da lavoura; o Aise, ferramenta para treinamento remoto de seus consultores e clientes; o Mayan, software de WMS (Warehouse Management System) que controla a atividade de qualquer tipo de armazém, sendo aplicado no controle de armazéns de açúcar, algodão ou qualquer item que seja estocável; e o Lynx Dashboard, um aplicativo que pode ser acessado via browser que transforma os dados da empresa em indicadores prontos para serem apresentados na forma de gráficos, dashboards e painéis configuráveis com extrema facilidade.

O sistema conta também com uma rede social corporativa que permite o rápido compartilhamento de informações, permitindo até mesmo o envio de telas para que outro usuário as verifique ou edite, auxiliando na produtividade.

Veja: http://portalerp.com/noticias/3454-gatec-lanca-plataforma-de-gerenciamento-agricola

Referências

 

Av. Limeira, 222 - 1º andar - s. 136 | CEP: 13414-018 | Piracicaba - SP
+55 (19) 2106-0888
contato@gatec.com.br

Newsletter

Fique por dentro.